Por que "Pra Sempre 30"?

Acho que essa é a pergunta que mais escuto desde que comecei a colocar esse projeto em prática. E acho que muitos de vocês que estão acessando o site pela primeira vez devem estar se perguntando... Então vamos lá! Pra chegar nessa resposta, preciso te contar primeiro um pouco da minha história. 

 

Sempre amei roupas, desde pequena. Ficava tão feliz ganhando uma roupa quanto ganhando um brinquedo. Se ganhava um vestidinho que tinha realmente gostado usava dias a fio sem sujar porque simplesmente não queria tirar. Com 10/12 anos, achava muito mais legal ir na FIP (pra quem não conhece, é isso aqui) comprar roupas novas do que ir num parque de diversões e já saía emburrada e chateada se não podia comprar aquela saia jeans que eu amei. Seguia todas as modinhas ao meu jeito e não passava despercebida com meus amarradores coloridos, sandalinhas melissa ou mil broches pendurados pelas roupas. Mamãe achava que eu devia ser modelo, porque ela foi e sei que queria poder ter continuado e porque me achava uma modelo nata, pela altura, peso e porque ela me achava linda, né? É minha mãe, ora bolas! Mas eu tinha vergonha, não era nada fotogênica (e nem sou até hoje), achava o máximo estar rodeada de roupas e moda mas achava que sendo modelo não seria o meu lugar. 

Essa sou eu com 13 aninhos! Não é bom pra minha reputação por essa foto na rede mas ela mostra que eu já me preocupava muito em estar estilosa (do meu jeito hahahaha)!


Quando alguém perguntava o que eu queria ser quando crescesse eu não sabia. Já pensei em ser astronauta e até oceanógrafa (facilmente influenciada pela minha amiga Aline), mas não era aquela criança que sabe o que quer. Na verdade, eu até sabia, mas não sabia ainda como. Só continuava lendo minhas revistas e recortando as roupas de desfile que eu amava e pendurando no mural do meu quarto ou quando mais velha ajudando as amigas a montar looks ou sendo a amiga que sempre tem uma roupa pra emprestar!

 

Quando chegou a hora de decidir o que cursar na faculdade, no auge dos 17 anos eu fui em palestras das faculdades de Jornalismo, Moda, Relações Públicas e Comércio Exterior. A de Jornalismo eu achei entediante, a de Moda era muito sobre ser uma estilista, costura, desenho... E não era bem isso que eu queria. Achava impossível fazer Moda sem querer ser estilista. E sabia que na região que eu morava não teria mercado pra trabalhar com isso. Entre RI e Comércio Exterior fiquei com Comércio Exterior porque a palestra foi super motivacional e venderam bem a ideia de você trabalhar como trader viajando o mundo e falando inglês, coisas do qual eu amava também. E fiz. Me formei e trabalhei nessa área por anos. Não como trader porque não é assim tão fácil, e sim trabalhando em um escritório em Itajaí mesmo. Mas nem de longe eu me sentia realizada.

 

Saí da área pra empreender, como Correspondente Bancária da CAIXA. Foi uma oportunidade que apareceu de sair do Comex e eu agarrei com todas as forças pensando em ter mais qualidade de vida trabalhando mais perto de casa com menos stress e no futuro, mais tempo pra me encontrar em algo que eu amasse fazer sem precisar depender do lado financeiro da coisa. Foi um desafio! A crise veio e tirou essa esperança de ter mais tempo. Pelo contrário: tive que ficar sem uma das duas funcionárias que tinha, trabalhar mais, ganhar menos e com isso, me encontrei muito desmotivada. Assim como a Sophia do novo seriado da Netflix, o Girl Boss, eu pensava que ser adulta era ver seus sonhos morrendo.

 

Mas aí essa mesma Sophia escreveu um livro, chamado #GirlBoss, que foi um divisor de águas na minha vida. Eu percebi lendo poucas páginas que somente eu poderia mudar o rumo da minha própria vida e que esperar tempo, dinheiro e as condições perfeitas era um erro: era eu quem estava perdendo tempo! Porque a hora certa e ideal nunca vai chegar. Eu precisava me mexer e mudar minha situação logo pra poder ter a chance de realizar meus sonhos. 

 

Meu melhor amigo sempre me dizia que eu deveria começar logo meu blog de moda (que eu até já tive antes mas por falta de tempo na época descontinuei) e perseguir meus sonhos. E eu sempre dava a desculpa do tempo. Sempre ele, o culpado! Eu nunca, né? Era a vítima de escolhas ruins, coitadinha. Mas pera aí: o que eu fazia pra sair do lugar? NADA. E aí que Sophia me fez ver que a realidade era simples: faça. corra atrás, dê o seu melhor e não desista de si e de seus sonhos. E decidi (re)começar.

 

Esse mesmo amigo me deu a ideia de fazer algo relacionado à faixa dos 30 anos, porque os 30 são os novos 20 e são a minha realidade, já que eu tinha 27 e me sentia quase nos 30, e muito melhor do que com 20 anos em todos os sentidos. E claro, queria poder ter 30 pra sempre. E então nasceu (depois de algumas tentativas de nomes e ideias) o "Pra Sempre 30", que reúne o que eu mais amo num único site: moda, lifestyle e beleza em posts escritos por mim, porque escrever sobre moda é o que eu mais amo fazer e um e-commerce de moda diferente, porque também amo comprar roupa on-line e acho que está faltando no mercado e-commerces de roupas vintage e usadas que sejam realmente usáveis, em bom estado e com preço acessível. Sempre amei um brechó, tanto que ia neles com menos de 15 anos procurar achados, mas era raro comprar porque nunca tinha nada legal e quando tinha era caro. E está mais do que na hora de pensarmos na sustentabilidade da moda, em como podemos reutilizar e reciclar roupas de um jeito funcional.

 

O meu jeito de tornar isso realidade foi garimpando peças usadas e vintages que eu mesma usaria e compraria, com preço justo e muito amor ao produzir tudo pra entrar na loja, que é a Pra Sempre Vintage. E pra quem é daqui do litoral catarinense, muito mais peças estão à venda offline no bazar do blog, feito sazonalmente e anunciado aqui e nas minhas redes sociais.

 

Não, eu não tenho nenhuma pretensão de virar a próxima Nasty Gal, sabe porque? Porque o meu negócio é escrever e produzir conteúdo de moda. Eu não modifico as peças, só quando precisam de ajustes; não mexo com costura/modelagem; não moro em São Francisco/CA pra ter aquele monte de brechós cheios de diamantes esperando para serem lapidados e o mais importante de tudo: não quero ser cópia de ninguém! A Pra Sempre Vintage é uma aliada pra deixar o portal mais atrativo, já que está cada vez mais difícil que as pessoas se interessem apenas na leitura em blogs. E dessa necessidade nasceu a ideia do e-commerce com peças que eu poderia pagar pra começar o negócio e que fossem a minha cara, e acho que o resultado deu muito certo, porque mesmo que eu não venda nada, achei que ficou tudo muito além do que eu poderia imaginar!

 

E eu não fiz nada disso sozinha e agradeço à Deus por ter tanta gente boa à minha volta: tive meu melhor amigo como apoio incondicional, desde me escutar, opinar, até fazer o site e todo o marketing pra mim; minha mãe que foi braço direito pra ir comigo caçar roupas e passá-las, arrumá-las, medi-las e me apoiou mesmo sem entender 100% do que seria isso; minhas amigas do coração (elas sabem quem são) que me escutaram, aguentaram meus surtos de felicidade à cada novo passo e me incentivaram por meses; minhas fotógrafas parceiras do Estúdio Mengarda que realizaram um shooting incrível acreditando nesse projeto; a melhor maquiadora do pedaço, Mariana Silvestrini, que foi parceira maquiando todas as meninas e servindo de modelo e se tornando uma amiga; a Ótica Ana Maria que também apostou nesse projeto cedendo óculos lindos para as fotos; as minhas modelos Sandy, Larissa e Elis, que brilharam nas fotos.

 

Já me sinto super realizada só de poder escrever esse post finalmente e ter esse site que superou minhas expectativas no ar!

Espero que vocês também gostem de tudo que preparei com tanto amor, carinho e esforço e sejam minhas novas amigas nessa nova fase, porque se você chegou até aqui já sabe bastante sobre mim e já podemos nos considerar amigas sim!

Se quiser falar comigo, deixe seu recado nos comentários porque eu vou amar ler cada um e conhecer mais sobre vocês e o que acharam do portal. Críticas construtivas são sempre bem vindas!


E pra finalizar: SIGAM SEUS SONHOS, DÊ A ELES PRIORIDADE EM SEU TEMPO E NUNCA DEIXEM DE SONHAR!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Busca
Posts em Destaque

Novo BAZAR: Closet das Amigas!

June 10, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Pra Sempre nas Redes Sociais
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • circulo-spotify-sociais_318-25418