Você tem medo de envelhecer?

22/08/2017

Quem aí tem medo de envelhecer? Acredito que a maioria. Eu mesma já tive MUITO medo disso. Vivemos em um mundo que nos faz enxergar o belo e o atraente atreladamente ligados com a idade. Quanto mais novos e jovens, mais belos somem e não há beleza nenhuma em envelhecer para a sociedade num geral. Envelhecemos ficando com o corpo mais flácido, mais enrugado, com mais marcas de expressão, com menos cabelo e menos atraentes.

Hoje, vivemos para buscar um físico e um rosto rejuvenescidos, conservados, livres de rugas e aparências de idade. Quanto mais parecermos novas, melhor é, não é mesmo? E o preço pra isso é alto: produtos rejuvenescedores, anti idade, procedimentos estéticos, massagens faciais, corporais, plásticas, botox... A lista é imensa e a procura é cada dia maior. O medo de envelhecer e de perdermos nossa beleza nos cerca como um fantasma... A gente não vê (ou pelo menos finge que não vê) e continua vivendo de forma a mantê-lo bem longe de nós.

 

Antes de eu ter meus 20 e tantos anos morria de medo dos famigerados 30, já contei pra vocês aqui na história do blog, né? Acho que esse medo não é só meu, e sim da maioria das pessoas que tem seus 18/20 e pouquinhos anos. A gente não quer que aquela fase maravilhosa da vida acabe e temos medo do futuro, do incerto e de com a idade "avançada" perdermos o encanto e a vivacidade da juventude. Mas pelo menos comigo, foi só chegar nos 20 e tantos que o medo passou a ser um impulso à vida. Ela não acabou por aqui e está MUITO longe de acabar, se Deus permitir. Tenho a sensação de mal ter 20 anos no meu interior, então pra que temer? Serei eu mesma, a mesma de sempre. O metabolismo pode desacelerar, mas eu não! E por isso acabei mudando a minha visão do envelhecer. Acho que a cada ano que passa é incrível vermos como evoluímos como pessoa, como cidadãos, como filhos, como mães, como amigas, como trabalhadoras, como amantes. Se hoje sou uma pessoa muito mais evoluída e madura do que quando eu tinha 18 anos, porque temer os anos à frente? Só tenho à melhorar, além de ter ainda mais tempo pra viver experiências e sensações novas.

Esse sim deveria ser todo o nosso propósito de vida: evolução e conquistas de experiências e situações. O exterior conta? Conta sim, e muito. Mesmo que eu tenha uma auto estima normal e não seja nada apegada à cuidados com a pele e corpo por exemplo, tenho meus receios de não me reconhecer envelhecendo ou não me sentir mais bonita. Mas tem algo que li no Fashionismo (um dos meus blogs preferidos) em um post sobre querermos parecer mais jovens do que somos sempre, que é muito verdade: estamos vivas, isso é o que tem pra hoje, vamos aproveitar e viver um dia de cada vez. Nós temos que viver o momento, o hoje. Não perca seu tempo e não crie rugas temendo o futuro e aproveite mais o agora. Vamos viver um dia de cada vez!

Que nós possamos mudar essa cultura de que pessoas mais velhas não são bonitas e que envelhecer é ruim. Pode ter certeza que seus filhos e netos agradecerão.

Mas outro assunto ligado ao envelhecer me assombrava, além da minha aparência. Sempre pensei que meus dias como blogueira estariam contados com a idade. Quanto maior ela fosse, menor fossem meus dias úteis nessa profissão que eu tanto amo. Afinal, quem se interessaria pelos looks e pelas dicas de uma senhora? E aí, numa bela tarde explorando o reino da internet, meu mundo mudou! Conheci a história dessa senhora da foto, chamada Lyn, que é professora Universitária e que acidentalmente virou ícone fashion, no auge dos seus 63 anos. Ela foi confundida com uma celebridade da moda em um restaurante de NY e foi fotografada por paparazzis. Depois disso, ela começou a blogar sobre sua vida e sobre moda e foi chamada para várias entrevistas sobre o incidente e estourou na mídia, de forma mega merecida! Hoje ela é influenciadora digital, escritora de moda e ícone de estilo nessa idade. Faz ensaios fotográficos para revistas, sites, jornais e pro seu próprio Instagram e blog (é fantástico, leiam!). Ela, além de LINDA e mega estilosa é a prova viva de que você pode ser o que quiser e isso independe de sua idade; você pode sim se destacar tendo mais de 60 anos até mesmo em NY, sendo você mesma, e por fim, envelhecer tem uma beleza singular. Eu morro de amores por ela, sou fã mesmo! Acho ela incrivelmente bonita e autêntica, daquelas que eu queria ser amiga de verdade... Quem sabe ainda não realizo esse sonho?

Ela e mais milhares de mulheres de mais idade são uma verdadeira fonte de inspiração e tão aí pra mostrar pra todo mundo que a idade não é um limitador na vida de ninguém.

 

E aí, gostam de posts mais reflexivos? Logo traremos mais conteúdos nesse estilo, sobre relacionamentos também. Quer sugerir uma pauta? Comente pra gente!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Busca
Posts em Destaque

Novo BAZAR: Closet das Amigas!

June 10, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Pra Sempre nas Redes Sociais
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • circulo-spotify-sociais_318-25418