A alta costura artista, feminista e poética da Dior

A semana de alta costura em Paris é sempre um deleite para os olhos! A riqueza de detalhes, as peças deslumbrantes, a locação, a cenografia e a trilha sonora de cada desfile nos remetem à uma outra dimensão, mesmo que a gente só assista pelo Youtube. Mas por trás de tanta beleza em forma de roupas, o tema e o significado de cada coleção podem ser ainda mais especiais. A Dior, atualmente sob o comando de Maria Grazia Chiuri, traz cada vez mais temas relevantes e mensagens expressivas à cada coleção. A estilista começou com a frase "We Should All Be Feminists" em sua primeira coleção e desde então não deixou de incluir mulheres e a luta do feminismo em suas peças.

Nesse último desfile de alta costura, Maria continua com a bandeira feminista ao trazer a temática com o surrealismo e a homenagem à argentina Leonor Fini Foto, uma artista autodidata que se juntou aos artistas surrealistas nos anos 30, ao chegar em Paris. A locação escolhida foi o impressionante museu Rodin, fazendo tudo remeter ao tema e ao universo da coleção. Maria conta que: "Antes de ser designer, Christian Dior era proprietário de uma galeria de arte e ofereceu a Fini sua primeira exposição. Eles eram muito unidos". Acho incrível como Maria conduz os temas das coleções ligando à essência da marca, a história e também ao seu estilo e aos seus ideais, como o feminismo. Sou fã!


O surrealismo apareceu de diversas formas no cenário e nos adereços: as máscaras retangulares e inversas, as luvas amarradas nos tornozelos ou caindo das costas. Selecionei as peças que mais amei da coleção (não sei escolher, claramente) e separei por estilos.


LISTRAS/QUADRICULADOS

O black and white dominou o desfile e o efeito visual das listras em diferentes formas e do quadriculado. A passarela era um tabuleiro de xadrez, trazendo ainda mais esse efeito pra toda a apresentação.


TRANSPARÊNCIA EM MODELOS ESTRUTURADOS E FLUIDOS

A transparência é uma constante nos desfiles mas Maria conseguiu tirá-la das formais mais comuns e trouxe tanto em peças estruturadas (como o da primeira foto e demais no mesmo estilo), quanto com peças mais fluidas em diferentes modelos, como o conjunto de camisa transparente com saia branca ou esse último vestido um ombro só com a meia 3/4.


IRREVERENTES: PLUMAS, RENDAS, TULES, BRILHOS

Vários modelos ~diferentosos preencheram a passarela e escolhi alguns dos meus preferidos. As plumas são um dos principais destaques da semana de moda parisiense e estão vindo com tudo! Além delas, o brilho em peso e os tules também estão em alta.


ALFAIATARIA

A alfaiataria em seu melhor estilo também dominou a passarela, tanto em looks com ternos e calças mais tradicionais até os modelos com coletes por cima de vestidos de festa, super atuais!


Pra fechar, o vídeo completo, porque nada melhor que ver tudo em movimento!

Busca
Posts em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Pra Sempre nas Redes Sociais
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • circulo-spotify-sociais_318-25418

CONTATO

PRA SEMPRE NAS REDES

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Pinterest - White Circle