Acreditar é preciso

Esse post vai parecer bem estranho se você é um leitor assíduo desse blog. Aqui a gente fala de moda, beleza, celebridades, atualidades, moda consciente, estilo de vida, mas raramente falo na primeira pessoa falando coisas pessoais ou sobre a vida mesmo. Já fiz um post contando sobre o nome do blog, e ele conto sobre a minha vida até fazer o blog, e esses dias fiz um falando sobre aniversários. A verdade é que eu gosto muito de escrever devaneios, pensamentos, falar sobre fases da vida ou desabafar no "papel", mas sempre tive muita vergonha de fazer isso, especialmente aqui no blog, já que nem é o foco.

Mas ultimamente venho sentindo uma necessidade de dentro mesmo e acredito que ao menos uma pessoa que leia esse post pode estar passando por momentos parecidos na vida e pode se sentir melhor de alguma forma ao ler, e isso pra mim já faz tudo valer à pena.

 

Você já se sentiu alguma vez perdido na vida? Cheio de caminhos, possibilidades, opções, mas sem saber exatamente o que é o certo pra você? Já se sentiu com medo de seguir e ver o que te espera lá na frente? Ultimamente esse sentimento tem me tomado. Um misto de medo com alegria, de acreditar e às vezes desacreditar que tudo vai dar certo. Quando a gente dá um giro de 360 graus na vida muitas incertezas e medos aparecem pra atormentar a gente, e se sentir perdido é normal. E eu sei disso. Mas quem é ansioso sabe que a cabeça de alguém assim não desliga nunca. O cérebro não desliga e a gente se sente atormentado por nós mesmos. Por que? Acho que muito disso tem a ver com o molde de sociedade que a gente vive. Com 20 a gente tem que estar quase se formando. Com 30 temos que ter um casamento, filhos e família margarina constituída, além de casa e carro na garagem e uma carreira promissora em ascensão. Com 40 temos que ser totalmente bem sucedidos nessa carreira para a tão sonhada aposentadoria dali uns bons anos. E com 60 precisamos ter netos, estabilidade pra viver sem precisarmos trabalhar e um bom plano de saúde. E eu te pergunto: no fim de tudo isso, o que a gente leva?

Será mesmo que pra sermos felizes precisamos de todas essas coisas? Será que a casa, o carro, a carreira e a necessidade de constituir uma família nesses moldes trará mesmo a felicidade tão sonhada? Pra maioria das pessoas trabalho nem sempre está ligado ao que se ama, e sim ao que rende mais ou ao que dá pra fazer. E sim, é difícil hoje em dia fazer apenas o que se ama e conseguir viver disso. É muito triste isso, e pra mim é uma das  consequências de todo esse modelo de sociedade que a gente vive hoje.

 

Pra mim, a felicidade está intimamente ligada com compartilhá-la com pessoas que amamos e não o que temos ou o que fazemos da vida. Essas coisas podem trazer felicidade sim, mas não a felicidade real. Essa, pra mim, está realmente conectada à pessoas, momentos, compartilhamento da vida e realizações pessoais que não estejam ligados ao ter, e sim ao ser. Essa semana vi o filme Natureza Selvagem e ele me fez refletir muito sobre isso. Minha fase de vida atual é realmente a busca pela felicidade em todos os sentidos da minha vida, deixando de ter uma vida estável e fixa com uma rotina e uma estabilidade para ter realização pessoal de verdade. Não digo pra vocês que é fácil, porque os medos e as incertezas atormentam a nossa cabeça, mas todos os dias eu sinto de alguma forma que valeu muito à pena, e que com força e determinação vou alcançar todos os meus objetivos e sonhos. 

 

Se você pensa em fazer o mesmo ACREDITE verdadeiramente em você, no seu potencial e no seu objetivo. Acreditar é o primeiro passo pra tudo na nossa vida. Busque forças todos os dias pra perseguir seus objetivos e não desista! Por mais que pareça que não vai dar certo, continue persistindo. Se você precisar mudar de ideia no meio do caminho, continue persistindo. Não desista de você e muito menos da sua felicidade, nunca! E digo isso não só sobre carreira, mas com relação à tudo na vida: relacionamentos, família, amizades, espiritualidade e com você mesmo. Não se pressione pra ser quem você acha que deve ser ou quem as pessoas esperam de você logo. O tempo certo pra cada coisa não existe, cada um de nós tem o seu tempo para alcançar cada coisa na vida, é tudo no tempo de Deus, e não no nosso. Eu tenho sim meus dias difíceis, como disse no começo do texto, que ando perdida, mas no fim, acreditar me faz seguir em frente e aos poucos, conseguir subir cada degrauzinho na minha felicidade real. Espero que pra vocês, também <3

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Busca
Posts em Destaque

Novo BAZAR: Closet das Amigas!

June 10, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Pra Sempre nas Redes Sociais
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • circulo-spotify-sociais_318-25418