LFW mosntrando que a moda de luxo está se tornando mais sustentável

A conscientização para a sustentabilidade e a consciência na moda são o meu principal objetivo com o blog e com tudo que faço com relação à essa área, e felizmente o mundo caminha para era de transformação nesse sentido. Mesmo que em pequenos passos, muitos de nós já questionam de onde vem o que usamos, quem faz nossas roupas, em que condições de trabalho e de salário elas foram feitas, além da origem das matérias primas (se é animal, de que forma a produção impacta ao meio ambiente e polui, por exemplo). Ao termos esse conhecimento e repensarmos nossas pequenas atitudes, o mundo já caminha para essa nova fase de reflexão, repensar, reciclar e reusar.

 

Mas um ponto na moda que sempre foi complexo pra mim é o das marcas de luxo. Como não admirar o trabalho de grandes maisons que são a grande referência mundial da moda, como Chanel, Gucci, Dior e tantas outras mesmo sabendo que elas usam produtos de origem animal, como peles, couro, seda e lã? Isso vai totalmente contra os meus princípios, o que prego e acredito, mas é inegável a importância dessas marcas e de seus designers para o mundo da moda e sua história. E por isso, sempre esperei o dia em que todas essas marcas pudessem repensar o uso dessas matérias primas, como já ocorreu recentemente com a abolição do uso de pele animal por algumas delas, como: Gucci, Michael Kors, Versace, Tommy Hilfiger, Burberry, Armani e Calvin Klein.

E nessa edição da London Fashion Week, uma nova e grande conquista para a sustentabilidade no mercado de luxo foi alcançada: a LFW SS/2019 foi a primeira semana de moda a abolir TOTALMENTE a pele animal de seus desfiles! O conselho britânico que organiza o evento decidiu pela abolição mas isso foi em conjunto com uma decisão de todos os participantes, não foi uma regra imposta. Seja por pressão popular ou por ser um assunto em alta atualmente, ou por projetarem mais vendas seguindo essa decisão, o fato é importantíssimo pro planeta e pra refletir essa postura para mais semanas de moda mundo afora.

Ainda não é uma exclusão total do uso de origem animal, já que seda, lã e couro também são dessa origem, mas ainda assim, é um grande passo! Se até o mercado de luxo está repensando e revendo seus conceitos de produção de moda caminhando para a sustentabilidade, nós podemos também, né?

 

Se desafie a não comprar em fast fashions por um determinado período de tempo. É libertador! Você reduz o consumo, passa a descobrir marcas legais (e sustentáveis, o que é ainda melhor) e consumir muito melhor. Vamos nessa?

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Busca
Posts em Destaque

10 tendências de biquínis do verão 2020

January 11, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Pra Sempre nas Redes Sociais
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • circulo-spotify-sociais_318-25418

CONTATO

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Pinterest - White Circle

PRA SEMPRE NAS REDES