Moda e sustentabilidade na SPFW!

Mais uma edição da maior semana de moda brasileira está chegando! Entre os dias 22 e 27 de abril acontece edição de número 47 da SPFW, e como sempre, algumas marcas farão sua estreia nas passarelas. Dessa vez, cinco marcas novas mostrarão suas coleções, e uma em especial me chamou bastante a atenção: Flavia Aranha.

 

A marca homônima da estilista tem foco na sustentabilidade e na consciência na moda, desenvolvendo peças de forma artesanal, com tingimento natural e tecidos orgânicos. Toda a procedência desses materiais é comprovadamente natural e consciente, vindos de agricultura familiar e certificada. As peças são fluidas, clássicas, atemporais, para durarem e serem muito usadas, por anos e anos.

Looks da coleção Verão 2017 

 

Mas aí você pensa: um desfile não seria considerado um formato de moda rápida, totalmente contrária ao slow fashion e a moda sustentável e consciente? De cara pode parecer que sim, mas até mesmo esse formato de desfile comercial será questionado por Flávia em seu próprio desfile, como ela conta em entrevista ao portal FFW: “O próprio formato do desfile é algo que vou questionar. Sempre olho para como as coisas são feitas, questionando a própria indústria da moda. A maneira como estamos configurando o desfile vai mostrar nossa perspectiva de ver as coisas. Está sendo um desafio. Estou muito animada e um pouco nervosa. Mas feliz”.

 

Para entendermos um pouco de como será isso, ela não está trabalhando com sazonalidade e as peças do desfile não estarão à venda imediatamente, levando até dois meses para chegarem às lojas, e algumas serão produzidas apenas sob encomenda pois são pintadas à mão pela própria estilista.

Galpão onde acontece o processo de tingimento natural das peças 

 

A marca também faz trabalhos colaborativos e promove workshops de tingimento natural em seu galpão. E é sua história, misturada com a de artesãs espalhadas pelo país que ela pretende contar em seu desfile, com um ar mais criativo e com mais cores, formas e referências de moda, saindo um pouco da sua zona de conforto atual. Nessa coleção ela mistura inovações tecnológicas com trabalhos manuais de cinco empresas artesãs que trabalham em parceria com sua marca. Flavia conta que: “É um pouco do nosso ecossistema, mas agora num espaço mais criativo. Quis representar esteticamente todas essas mulheres, esse universo, olhar para nossas raízes, nossa identidade como Brasil e fazer uma conexão com nosso momento político. Mostrar onde as coisas começaram a dar errado e ao mesmo tempo saber como o Brasil é potente. É um diálogo entre potência e questionamentos sobre como a gente inviabiliza essa potência”.

Looks da coleção Verão 2019

 

Já achei incrível só de saber mais sobre a marca e sua ideia para o desfile e acho que palcos como o SPFW são essenciais para mostrarmos ao Brasil e o mundo mais do que é a moda sustentável e consciente, fortalecendo a moda artesanal brasileira e fazendo com que as pessoas conheçam mais marcas sustentáveis e possam se abrir à esse tipo de consumo. A moda sustentável não precisa ser alheia aos desfiles de moda, muito pelo contrário: precisamos que essa moda tome conta das semanas de moda e vire realidade para as marcas pelo mundo afora!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Busca
Posts em Destaque

10 tendências de biquínis do verão 2020

January 11, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Pra Sempre nas Redes Sociais
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Twitter - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • Pinterest - Black Circle
  • circulo-spotify-sociais_318-25418